Cores e surpresas no terceiro dia do programa

Atualizado: 1 de jun.


A lenda Emílio Pucci.


Nascido em 1917 em uma aristocrata família fiorentina, Emílio Pucci antes de se tornar o lendário criativo da colorida marca Pucci, foi campeão olímpico de ski e piloto de caça do exército italiano.

Em 1947 ele esquiava com uns amigos nos alpes italianos, com uma roupa que ele próprio havia desenhado, em um tecido super versátil e confortável, e um fotógrafo de uma importante revista da época divulgou sua criação. A partir dai ele começou a desenhar sports wear.

Abriu sua primeira loja em 1951 na cidade de Capri. Sua inspiração eram as cores da natureza, além de preocupação com o conforto; bem diferente da moda francesa da época.

No início de sua carreira como criativo de moda, Pucci fez muito sucesso no mercado americano e muitas celebridades começaram a usar suas roupas. Instalou-se uma verdadeira ‘Pucci mania’ em várias partes do mundo. Na década de 80 e 90 o mundo vestia Pucci. Então ele começou a abrir as portas do seu palácio em Firenze para desfiles com lindas modelos e buyers de todo o mundo. Nesse palácio, construído pelos antigos Pucci em 1400 é onde ainda vive sua esposa, a Marquesa Cristina e seus descendentes, e onde hoje está exposta parte de suas coleções; parte do legado da marca Pucci.

Gucci Garden



Uma verdadeira mistura de arte, cultura pop, moda, estilo e o zeitgeist do momento Gucci.

Uma imersão no mundo Gucci e na década de 80 e 90. Andares com coleções, instalações, roupas sapatos, espelhos, relógios, cores, formas, obras de arte contemporâneas, enfim, tudo o que você pode imaginar que possa fazer parte do imaginário da sociedade naquelas décadas.











Aquazurra


Diferente das marcas quase centenárias da moda e do luxo, a Aquazurra nasceu em 2012, com sua primeira loja em Firenze. Seu DNA sempre foi a forte prepcupação em fazer sapatos maravilhosos mas confortáveis, respeitando a anatomia dos pés e mitigando dores ao final do dia.


Uma das coisas que eles mais presam é pela qualidade do produtos, o couro principalmente, que é de uma extrema qualidade e de várias tipologias. A atenção ao processo de produção que é em grande parte manual e artesanal.


As coleções começaram a vender imediatamente e o processo de crescimento da empresa teve que acontecer de maneira ágil e estruturada.

Hoje eles já estão em 45 países, em 300 endereços ao redor do mundo.













Cônsul do Brasil em Firenze janta com nossas empresárias



Daniela Souza é a Cônsul Honorária do Brasil em Firenze, com competência para a Região da Toscana desde 05 de setembro de 2018. Nascida no Rio de Janeiro, Daniela é ítalo-brasileira e vive na Itália desde 2000.


Ela esteve com o grupo falando da importância da mulher ocupando cargos públicos, no restaurante escolhido para o jantar da noite, 25hours Piazza San Paolino.










Fotos e texto: Cyntia Braga





23 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo